Juíza breca tentativa de líderes sindicalistas de visitarem Lula no 1º de maio

COMPARTILHAR

PR – Nesta segunda, 30, a juíza federal Carolina Lebbos rejeito os pedidos de sindicalistas que queriam visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. Na sexta, 27, o grupo formado por líderes de seis centrais sindicais solicitou um encontro com o presidiário para a quarta-feira, 2.

No despacho, a juíza diz que não deveria analisar a questão lembrando que os pedidos de visita deverão ser direcionados à PF, que ela só deveria ser acionada caso a Superintendência negue o pedido para encontros com Lula. “O pedido sequer merece conhecimento, por ausência de interesse processual, pois ausente comprovação de indeferimento pela autoridade policial”, escreveu Carolina.

E mesmo se coubesse análise, a magistrada diz que seriam “incabíveis as visitas pleiteadas”, pois, na PF, apenas familiares são autorizados a visitar os detentos. “Essa restrição não é ilegítima, tampouco revela ato ilegal”, justificou a juíza.Lula pode receber visitas de familiares às quintas.

As informações são do UOL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui