TSE decide que PT terá de devolver 1,5 milhão do fundo partidário

COMPARTILHAR

DF – O TSE determinou nessa quarta, 26, que o PT devolva 1,5 milhão de reais do Fundo Partidário ao erário em razão de irregularidades na prestação de contas das eleições de 2012. Os ministros acompanharam o relator do caso, Admar Gonzaga, que entendeu que a legenda não investiu os recursos corretamente no incentivo à participação feminina na política. A decisão se deu no âmbito das ações de análise da prestação de contas dos partidos, que continuarão até 30 de abril. Ainda serão analisadas hoje as contas de DEM, PCO e PTdoB.

As informações são do O Antagonista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui