Joaquim Barbosa afirma ao Estadão não ser “ultraliberal”

COMPARTILHAR

ELEIÇÕES — Joaquim Barbosa, em entrevista para o Estadão, afirmou não ser ultraliberal, e mostrou visão intervencionista. Seu partido, o PSB (Partido Socialista Brasileiro), afirmou que vê seu pré-candidato alinhado com seus ideais econômicos.

Leia parte da entrevista:

Não sou favorável a posições ultraliberais num país social e estruturalmente tão frágil e desequilibrado como o Brasil, com desigualdades profundas e historicamente enraizadas. Basta um rápido olhar para o chamado Brasil profundo ou para a periferia das nossas grandes metrópoles para se convencer da inadequação à nossa ‘engenharia social’ dessas soluções meramente livrescas, puramente especulativas. Evidentemente, elas não são solução para a grande miserabilidade que é a nossa marca de origem e que nós, aparentemente, insistimos em ignorar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui