PEN desiste de ação para barrar prisão em 2ª instância

COMPARTILHAR

DF – O PEN, Partido Ecológico Nacional, informou ao Supremo Tribunal Federal nesta tarde de quarta, 25, que desistiu do pedido de medida cautelar para barrar a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância.

Alegaram que o pedido poderia beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato – o que seria “inoportuno” diante da atual conjuntura política.

As informações são do O Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui