Justiça de SP proíbe que milícia MST feche estrada por Lula

COMPARTILHAR

SP – O Estadão informa:

“Concessionárias de rodovia estão entrando na Justiça para tentar impedir que movimentos sociais, como o MST, fechem estradas em protesto contra a prisão do ex-presidente Lula.

Em São Paulo, o Judiciário atendeu ao pedido da Auto Raposo Tavares proibindo o bloqueio na sexta, 6, um dia antes de Lula se entregar. O juiz escreveu que o “direito de manifestação não prevalece sobre o dos usuários da rodovia”.

Mas também há um ponto preocupante dentro da mesma informação:

“O resultado nem sempre é favorável. A Justiça da Bahia autorizou o MST a bloquear uma rodovia turística, conhecida como Estrada do Coco.”

A decisão da Justiça da Bahia é lamentável e contrária a liberdade de ir e vir de seus cidadãos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSTF nega pedido de habeas corpus de Palocci
Próximo artigoVídeo mostra flagra de doutrinação e intimidação em sala de aula
Formada em teatro e graduando-se em direito. Integra o Movimento Brasil Livre. Email para contato: francineggalbier@gmail.com. O Diário Nacional é um blog com linha editorial à direita, que faz cobertura de notícias políticas e textos de opinião, contando com diversos colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui