Esquema de corrupção em fundos de pensão somaram R$ 20 milhões em propinas

COMPARTILHAR

DF – O Estadão informou:

“O esquema de desvio de verbas de fundos de pensão desbaratado pela Polícia Federal, e que motivou a Operação Rizoma, nova fase da Lava Jato no Rio, desencadeada nesta quinta-feira, 12, contou com lobistas do PT e do MDB e gerou pelo menos R$ 20 milhões em propinas.

Investiga-se o envolvimento de membros dos fundos dos Correios (Postalis) e Serviço Federal de Processamento de dados (Serpros). As informações são de integrantes da força-tarefa da Lava Jato no Estado.”

Acesse a material original e leia na íntegra. 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNa 2ª turma, Palocci sairia livre por 3×2
Próximo artigoJacques Wagner diz que STF deveria “erigir estátua a Lula”
Formada em teatro e graduando-se em direito. Integra o Movimento Brasil Livre. Email para contato: francineggalbier@gmail.com. O Diário Nacional é um blog com linha editorial à direita, que faz cobertura de notícias políticas e textos de opinião, contando com diversos colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui