Após escárnio de vereadores petistas que incluíram “Lula” no nome, Fernando Holiday homenageia Sergio Moro

COMPARTILHAR

SP — Uma nova onda de homenagens ao criminoso Lula está se espalhando entre os parlamentares da esquerda.

Andreza Matais informou ao Estadão:

“Embalados pelo discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva antes de ser preso, em São Paulo, vereadores da Câmara municipal paulista decidiram incluir Lula nos seus nomes registrados no painel de presença.

Conhecido como Alfredinho, o vereador petista ganhou Lula de sobrenome. O mesmo fez os outros petistas Alessandro Guedes, Antonio Donato e Reis (veja foto).

No discurso, Lula disse querer saber quantos dias ficará preso: “Porque quanto mais tempo eles me deixarem lá, mais Lulas vão nascer neste País e mais gente vai querer brigar neste País.”

Em reação à moda dos parlamentares que estão encorporando o nome de um criminoso prisioneiro aos seus nomes parlamentares, o vereador Fernando Holiday, do DEM, resolveu prestar homenagem ao juiz federal Sergio Moro, responsável pela prisão de Lula, e pediu que seu nome parlamentar passe a ser “Fernando Moro Holiday”.

Veja:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui