Fake News: Catraca Livre, de Gilberto Dimenstein, ataca MamãeFalei com notícia falsa sobre caso Ciro Gomes

COMPARTILHAR

O portal Catraca Livre acusou o youtuber Arthur do Val, ligado ao MBL, de editar o vídeo em que recebe um tapa do presidenciável Ciro Gomes (PDT). Em manchete, o site fundado pelo jornalista Gilberto Dimenstein exclama: “Fake News: Catraca comprova que vídeo de agressão é montagem“.

No conteúdo da matéria, no entanto, a equipe de Dimenstein não comprova a acusação, reproduzindo um vídeo altamente parcial publicado em página na rede social Facebook favorável ao político cearense. Veja:

Antes, o texto ainda afirma que “a equipe do Catraca Livre também analisou as imagens e confirma que houve edição” sem apresentar qualquer laudo pericial ou evidência. Um dos comentários mais curtidos foi do internauta Fábio Morais, onde aponta incoerências do suposto “especialista”:

Dá para afirmar, portanto, que a acusação de fake news é — esta sim — uma fake news.

Não é a primeira vez que Gilberto Dimenstein tem atritos com o youtuber. Em abril do ano passado o hoje pré-candidato a deputado estadual foi até o boteco que o jornalista possui na Vila Madalena para denunciar inúmeras irregularidades no local. Relembre:

À época o vereador paulistano Fernando Holiday (DEM) e o portal independente JornaLivre denunciavam o ex-colunista da Folha de S. Paulo por supostamente ter se beneficiado comercialmente durante a gestão do petista Fernando Haddad em São Paulo. Veja aqui matéria que cita algumas mentiras publicadas pelo Catraca Livre para favorecer Haddad.

Notadamente ultraesquerdista, a linha editorial do Catraca Livre permanece protegendo os erros de políticos alinhados a seu espectro ideológico. Uma pena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui