Cineasta prova que Arthur do Val não alterou vídeo da agressão de Ciro Gomes e desmascara Catraca Livre e “editor” cirominion

COMPARTILHAR

VÍDEO. Na segunda, 9, Ciro Gomes, o pré-candidato à Presidência pelo partido de extrema-esquerda PDT, agrediu o youtuber Arthur do Val, do canal Mamãe Falei, durante o Fórum da Liberdade, em Porto Alegre, RS.

O momento foi registrado e divulgado por Arthur:

Imediatamente, a mídia emparelhada pela esquerda começou a noticiar que Ciro havia “encostado” no pescoço de Arthur, e o portal de extrema-esquerda Catraca Livre até surgiu com um “especialista” cirominion para acusar Arthur de ter editado o vídeo.

Em manchete, o site fundado pelo jornalista Gilberto Dimenstein exclama: “Fake News: Catraca comprova que vídeo de agressão é montagem“. No conteúdo da matéria, no entanto, a equipe de Dimenstein não comprova a acusação, reproduzindo um vídeo altamente parcial publicado em página na rede social Facebook favorável ao político cearense. Veja:

Antes, o texto ainda afirma que “a equipe do Catraca Livre também analisou as imagens e confirma que houve edição” sem apresentar qualquer laudo pericial ou evidência. Um dos comentários mais curtidos foi do internauta Fábio Morais, onde aponta incoerências do suposto “especialista”:

Veja o vídeo usado pelo portal Catraca Livre para mentir sobre Arthur:

No entanto, o cineasta e produtor Audiovisual Marco Matheus publicou um vídeo onde demonstra como o vídeo de Arthur não foi editado. Assista:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui