Transexual vence homem em evento de MMA e prova que se competisse com uma mulher seria injustiça

COMPARTILHAR

ESPORTE. No último sábado, dia 10, uma lutadora transexual venceu no MMA masculino. Anne Veriato derrotou Railson Paixão.

O blog Ceticismo Político comentou:

“Agora, considere-se a possibilidade de fazerem com Anne o mesmo que fizeram com Tiffany, o jogador de vôlei que é homem e compete na Superliga feminina. Tiffany já tem marcado vários recordes, obviamente porque tem porte físico masculino e compete com mulheres, que possuem porte físico totalmente diferente. No MMA, a tal Anne teria matado a adversária, obviamente.”

A vitória de Anne prova que mesmo com o tratamento hormonal, transexuais continuam possuindo uma força muito superior a das mulheres e isso torna a competição esportiva desigual e injusta.

A questão que resta saber é: até quando as mulheres irão aceitar perder espaço no esporte em nome do politicamente correto?

As informações são do Ceticismo Político.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorRui Costa deve trocar Lula por Ciro Gomes
Próximo artigoURGENTE: STF recebe denúncia contra Jucá
Formada em teatro e graduando-se em direito. Integra o Movimento Brasil Livre. O Diário Nacional é um blog com linha editorial à direita, que faz cobertura de notícias políticas e textos de opinião, contando com diversos colaboradores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui