Fachin cede a pressão popular e diz que não há motivo para mudar entendimento sobre segunda instância

COMPARTILHAR

NOTAS. Sobre a prisão após segunda instância, o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin declarou durante um evento de uma faculdade em Brasília:

“Neste momento, há uma compreensão majoritária do Supremo Tribunal Federal e não vejo razões, nem teóricas nem práticas, para alterar essa deliberação.”

Parece que, pelo menos nesse caso, a pressão do povo foi mais forte do que a militância lulista.

As informações são do G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui