Gusttavo Lima desmente acusações da Globo sobre crime ambiental: “Mas estão falando de mim de novo???”

COMPARTILHAR

SOCIEDADE — Gusttavo Lima é o novo alvo da Globo.

Nessa quarta, 28, o G1 noticiou pela manhã que a Polícia indiciou o cantor por infringir lei ambiental:

“Polícia Civil indiciou nesta quarta-feira (28) o cantor Gusttavo Lima e mais três pessoas por crime ambiental. Segundo o delegado Luziano de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), o artista aumentou a represa de uma fazenda que possui em Bela Vista de Goiás, Região Metropolitana de Goiânia, sem possuir licença para a obra.”

“O Batalhão Ambiental foi ao local por duas vezes, uma no fim de 2017 e outra já neste ano, e, em ambas, encontrou máquinas trabalhando no local. Foram feitas duas ocorrências e, apesar de terem um protocolo com o pedido da licença, o documento não havia sido expedido”, disse o delegado ao G1.

Mais tarde, o Jornal Hoje exibiu uma reportagem sobre o caso. Você pode assistir clicando aqui. O âncora do Jornal Hoje apenas reproduziu informações da matéria do G1.

Ainda, durante a tarde, foi a vez do Globonews. A noticia foi exatamente a mesma lida pelo âncora do Jornal Hoje.

Assista:

GUSTTAVO DESMENTE GLOBO

Em seu Twitter, o cantor rebateu as acusações:

ENTENDA O CASO

Gusttavo se posicionou politicamente, e fez uma postagem em seu Instagram apoiando a revogação do Estatuto do Desarmamento.

“Hoje em dia no Brasil só está desarmado o cidadão de bem. Revogação do Estatuto do desarmamento já… Nossas família e nossas casas protegidas, Barrett .50… Tarde no clube de tiro, thank You brooo”, escreveu Gusttavo, além de declarar voto ao deputado e pré-candidato Jair Bolsonaro.

Foi o suficiente para a Rede Globo editar completamente o especial que iria ao ar neste domingo, 25, com um pocket show de várias músicas do cantor.

No lugar, foi exibida uma matéria de 6 minutos onde 4 foram partes editadas de poucas canções do especial, e o restante uma crítica ao posicionamento do cantor. Ele precisou até mesmo se “explicar” para a emissora em um vídeo caseiro.

Em tom de sermão, o Fantástico tenta fazer uma ligação com a declaração de Gusttavo ter acontecido na Flórida, EUA, com atentados e tiroteios já ocorridos no local.

“Essa entrevista e o musical com o Gusttavo Lima foram gravados semana passada, antes de uma postagem controversa do cantor na internet”, diz a apresentadora Poliana Abrittes, quase pedindo desculpas aos militantes da esquerda que assistem ao programa pela exibição de um conteúdo com o sertanejo armamentista.

Após isso, Poliana diz que “o vídeo no stand de tiro foi gravado na Flórida, onde o cantor passeava com a família” e que esse é “o mesmo estado há que 11 dias um aluno entrou numa escola armado com um fuzil AR-15 e matou 17 pessoas.”

Para finalizar, Poliana diz que “a manifestação de Gusttavo Lima aconteceu em um momento em que o país passa por uma grave crise de segurança pública, a ponto do Rio de Janeiro ter sofrido uma intervenção federal comandada pelo Exército.”

GUSTTAVO REAFIRMA POSICIONAMENTO

Na explicação que teve de dar à reportagem, Gusttavo reafirmou seu posicionamento dizendo que é a favor do porte de armas para o cidadão de bem. Contudo, o Fantástico não exibiu a resposta completa, e o cantor mesmo postou o vídeo na íntegra nas redes sociais.

Do vídeo de quase 2 minutos feito pelo cantor, onde ele explicava porque defende o armamento, foi exibido apenas os últimos segundos, sem o contexto.

“As pessoas deveriam pelo menos ter o direito de se defender, já que o nosso Governo não faz isso (…) Que as nossas famílias tenham o direito de se proteger, já que estamos tão ameaçados e tão jogados.”

O cantor também relatou um assalto que sofreu há 40 dias atrás e comentou: “Foi a pior sensação que eu poderia ter na minha vida, essa sensação de impotência. Só quem já passou por isso sabe o que estou falando. Daí eu fico pensando. Sempre rodeado de pessoas e me assaltaram. Imagina o trabalhador, que muitas vezes volta tarde da noite pra casa. (…) Qual a tranquilidade que eu ou qualquer pessoa tem quando sai pra trabalhar?”

Assista o vídeo completo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui