Complicou pra Gleisi: Fachin libera sua ação para revisão

COMPARTILHAR

LAVA JATO — Edson Fachin, ministro do Supremo Tribunal Federal, liberou para revisão do seu voto na ação penal na qual a senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann, junto com seu marido e ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, são réus pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no âmbito da Operação Lava Jato.

O despacho foi proferido no dia primeiro desse mês. Agora cabe ao ministro Celso de Mello concluir a revisão e liberar a ação para julgamento da Segunda Turma da Corte.

O casal é acusado de receber R$1 milhão para a campanha de Gleisi ao Senado, em 2010.  A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pede que Gleisi e Paulo
Bernardo também sejam condenados ao pagamento de R$ 4 milhões de indenização aos cofres públicos.

As informações são da República de Curitiba

***.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui