Ator Kevin Sorbo é banido da Comic Con por ser conservador

COMPARTILHAR

EUA — A Comic Con, evento geek mundialmente famoso, realiza edições em diversas cidades dos Estados Unidos e em outros países, Brasil incluso. Basicamente, a feira de atrações reúne artistas que participam de fóruns de debates sobre cinema, séries de TV, quadrinhos, e, é claro, também acontece a venda de artigos colecionáveis.

Só que o foco que trouxe a Comic Con para a mídia dessa vez é bem diferente: um ator foi banido do evento por ser cristão.

O Notícias Gospel Mais escreveu um artigo detalhado sobre o caso, leia:

“Kevin Sorbo ficou conhecido nos anos 1990, quando interpretou Hércules no seriado homônimo. Mais recentemente, teve seu nome popularizado entre os cristãos por interpretar o ateu que se converte ao Evangelho no filme Deus Não Está Morto. Ele seria convidado para a edição East Coast da Comic Con, em Secaucus, Nova Jersey (EUA), mas o responsável pelo evento decidiu bani-lo por ser conservador e cristão.

“Eu recusei a participação de Kevin Sorbo no East Coast Comic Con. Ele é amigo de Sean Hannity. Eu simplesmente não posso fazer isso”, disse Cliff Galbraith, promotor do evento, referindo-se ao apresentador, radialista e escritor conservador que é uma das figuras mais contundentes da mídia norte-americana.

O multimídia Sean Patrick Hannity tem um programa de rádio chamado The Sean Hannity Show, que é veiculado por duas emissoras, Cumulus Media Networks e Premiere Radio Networks, enquanto na TV comanda o Hannity, na Fox News Channel. Polêmico, foi um crítico da administração Barack Obama – idolatrado pelos progressistas – e um entusiasta desde o início da candidatura vitoriosa de Donald Trump.

A publicação de Galbraith no Facebook motivou outros progressistas que o seguem a sugerir que o boicote da East Coast Comic Con se estendesse também a outros artistas de orientação política conservadora, como Clint Eastwood, Mel Gibson, James Wood, Jon Voight e Chuck Norris.

De acordo com informações do Daily Caller, a iniciativa de Galbraith não passou despercebida da ala conservadora da sociedade. Um canal no YouTube, chamado Reality Talks Reviews, anunciou que irá boicotar a Comic Con organizada por Galbraith, argumentando que o evento se propõe a combater o que chama de misoginia, homofobia, xenofobia e racismo, dentre outros temas contemporâneos, mas não tolera opiniões divergentes da visão progressista.

Perseguição

“Há uma negatividade para os cristãos em Hollywood. E uma negatividade para pessoas que acreditam em Deus”, disse Kevin Sorbo em 2013. No ano seguinte, ele voltou ao tema, resumindo a vida de um artista com convicções opostas à da indústria do entretenimento: “Eu acho que ser um conservador ou um cristão em Hollywood, é ser atacado”, resumiu.

Além de Deus Não Está Morto, Sorbo também atuou no filme cristão Soul Surfer – Coragem de Viver, baseado em fatos da vida da surfista cristã Bethany Hamilton, que perdeu um dos braços em um ataque de tubarão. O filme fez US$ 47 milhões em bilheteria nos Estados Unidos em 2011.”

***

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui