URGENTE: Governador do RS nega reunião com PT, PCdoB e PSOL

COMPARTILHAR

RS — José Ivo Sartori, o governador do Rio Grande do Sul, negou um pedido de audiência feito por lideranças do PT, PCdoB e do PSOL.

Os líderes das siglas extremistas de esquerda queriam tratar da segurança durante o julgamento do ex presidente petista Lula, que acontecerá no dia 24 de janeiro no TRF-4, em Porto Alegre.

O Antagonista informou:

“José Ivo Sartori, governador do Rio Grande do Sul, negou um pedido de audiência feito por lideranças do PT, do PCdoB e do PSOL para tratar da segurança durante o julgamento de Lula no TRF-4.

O assunto, como temos dito, está sendo tocado exclusivamente pelo gabinete de crise coordenado pelo secretário de Segurança Pública do estado, Cezar Schirmer.

Em resposta, os líderes partidários foram convidados a colaborar para “a redução do radicalismo político” e para “a construção da paz social”.

3 COMENTÁRIOS

  1. “Aquele que se empenha a resolver as dificuldades resolve-as antes que elas surjam. Aquele que se ultrapassa a vencer os inimigos triunfa antes que as suas ameaças se concretizem”. Sun Tzu

  2. AO GOVERNO DO ESTADO CABE GARANTIR A SEGURANÇA DOS HABITANTES DE PORTO ALEGRE. A RESPONSABILIDADE DO GOVERNADOR ESTÁ EM JOGO. QUALQUER FALHA SERÁ DEBITADA A SECRETRARIA DE SEGURANÇA. O POVO TEM CIENCIA DISSO. QUANDO O GOVERNO DO ESTADO NÃO TEM CONDIÇÕES DE AGUENTAR A PRESSÃO, SOLICITA A INTERVENÇÃO MILITAR ANTECIPADA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui