RenovaBR, de Luciano Huck, mantém membros da extrema esquerda e expulsa direitistas sob acusação de “extremismo”

COMPARTILHAR

SP — O movimento RenovaBR, um fundo financeiro criado por um grupo de empresários para financiar o surgimento de novas lideranças políticas da esquerda caviar, já fez sua peneira na seleção de possíveis “bolsistas”: os direitistas são considerados “extremistas”.

Entre os idealizadores do “movimento” estão: o empresário Eduardo Mufarej, o publicitário Nizan Guanaes, o economista Arminio Fraga e o apresentador e empresário Luciano Huck.

Segundo O Estadão, o grupo irá custear o aprimoramento político de novas lideranças para o Congresso Nacional por meio de bolsas de R$ 5 mil a R$ 12 mil para os escolhidos. A maioria dos selecionados que já possuem filiação estão em legendas menores: Rede, Livres – subcorrente do PSL, Psol, e outros.

Rede, é aquele partido comunista que está travestido de ambientalista. Livres é o PSOL da direita, e o PSOL da esquerda, bem, esse dispensa apresentações.

Renato Meirelles explicou a seleção:

“No ato da inscrição, os interessados responderam a um questionário em que precisavam se posicionar sobre valores morais. Um dos enunciados, por exemplo, afirmava: “Os valores da família tradicional e da congregação religiosa são bases para uma sociedade saudável”. Para essa questão, o candidato teria de assinalar uma alternativa entre seis possíveis, que variavam gradativamente entre “concordo completamente” e “discordo completamente”.

Segundo um dos avaliadores, com essa questão é possível eliminar os “extremistas”.

É mais um desses “movimentos” que a nova esquerda disfarça de isento e centrista. Vamos ver quanto tempo essa farsa dura.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui