Gleisi Hoffmann apela à trollagem: “onde há um ato meu de corrupção?”

COMPARTILHAR

Após a PGR Raquel Dodge pedir a condenação de Gleisi Hoffmann – requisitando ainda que ela devolva R$ 4 milhões -, a senadora petista resolveu apelar ao discurso emocional e absurdo.

“Estou estarrecida, indignada. Não me deram esse dinheiro, não peguei esse dinheiro. Eu quero saber que vantagem eu dei a esse Paulo Roberto Costa? Peguem todos os meus projetos de lei, todos os meus atos como ministra da Casa Civil. O que a gente mais fazia era brigar. Como eu posso ser acusada de corrupção passiva se não há nenhum ato meu de corrupção?”, disse Gleisi.

Ela alegou que só foi delatada pelo doleiro Alberto Youssef ao fato de seu advogado, Antonio Figueiredo Basto, ter relações com o PSDB.

“Todo mundo no Paraná sabia disso. E eu era uma das maiores opositoras do governo do Beto Richa”, completa.

Porém, nota-se que Gleisi está usando réguas diferentes, elogiando as denúncias da PGR quando são contra opositores de petistas e rejeitando as denúncias contra ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui