Assessor de Picciani diz que 55 mil em dinheiro vivo apreendidos na sua casa são de diárias do táxi que é proprietário

COMPARTILHAR

Paulo Melo, assessor especial de Jorge Picciani, presidente – agora em licença – da Assembleia Legislativa do Rio, disse em depoimento à Policia Federal que os R$55.186,00 em dinheiro vivo que foram apreendidos em sua casa são provenientes de saques dos bancos Itaú e CEF e das diárias do táxi que é proprietário.

As informações são do O Estadão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui