Voto distrital misto para depois de 2018 é aprovado pelo Senado; matéria seguirá para a Câmara

COMPARTILHAR

BRASÍLIA — O plenário do Senado acaba de aprovar o voto distrital misto para eleições proporcionais, de vereadores e deputados. A matéria seguirá para a Câmara.

Uma nota no site do Senado explica o sistema, que combina o voto proporcional com o distrital: “De acordo com a proposta, o eleitor vai fazer duas escolhas na urna: o candidato de seu respectivo distrito e o partido de sua preferência. As cadeiras das Casas Legislativas serão preenchidas primeiramente pelos candidatos eleitos pelo voto distrital. Esgotadas essas vagas, as cadeiras remanescentes serão distribuídas entre candidatos dos partidos mais bem votados.”

Mesmo que o projeto seja validado pela Câmara de Deputados, as mudanças valerão apenas para depois de 2018.

As informações são do O Antagonista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui