Escândalo: Joesley está vendendo bens e empresas que não foram bloqueados por Janot e Fachin

COMPARTILHAR

Joesley Batista, o magnata criminoso do Grupo JBS/J&F, está vendendo seus bens e empresas que não foram bloqueados pela Justiça: um iate, uma propriedade em Angra dos Rei e um apartamento em Nova York.

Desde maio, ,quando sua delação com a PGR deixou de ser sigilosa, Joesley perdeu mais de R$ 2 bilhões em valor de mercado.

O criminoso precisa pagar a multa de R$ 10 bilhões do acordo de leniência que acertou com o Ministério Público Federal (MPF).

Seu grupo J&F já vendeu a Alpargatas, dona da marca Havaianas, por R$ 3,5 bilhões; a empresa de laticínios Vigor, por R$ 5,7 bilhões; a Eldorado, de papel e celulose, por R$ 15 bilhões; e o frigorífico Moy Park, na Irlanda, por US$ 1,3 bilhão.

Batista agora busca interessados em pagar R$ 45 milhões pelo apartamento em Nova York e R$ 25 milhões pela sua ilha em Angra, além do iate – o qual não encontramos o valor que está sendo pedido.

Joesley Batista está preso desde setembro na superintendência da Polícia Federal em São Paulo, acusado de omitir detalhes na delação. 

As informações são do site Valor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui