Deputado de extrema esquerda ataca MBL por gerir seu próprio Congresso e toma cacetada dos leitores

COMPARTILHAR

O deputado federal Pompeo de Mattos (do partido de extrema esquerda PDT) lançou um vídeo no qual define a regra que um movimento como o MBL não pode gerir o próprio Congresso.

Sim, é exatamente isso que ele defende.

Segundo Pompeo, movimentos de direita não podem definir regras que evitem a intrusão de jornalistas adversários, o que é normal em qualquer evento privado.

Porém, é apenas em países como Coreia do Norte, Cuba e Venezuela que os organizadores de eventos privados são obrigados a aceitar a vistoria indevida de agentes ligados ao socialismo. Em sociedades livres, a demanda não faz sentido e qualquer organização privada pode definir regras para vistoria, desde que nenhuma lei esteja sendo quebrada.

Alguns dos leitores de Pompeo perceberam a armação:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui