Agressor de Arthur, do MamãeFalei, confessa que levou cinquentão de líderes sindicalistas

COMPARTILHAR

RIO GRANDE DO SUL — Nesta semana, o ativista político Arthur do Val, do canal MamãeFalei, esteve em Porto Alegre para conversar com sindicalistas do SIMPA que “protestavam” contra algumas medidas tomadas pelo prefeito Nelson Marchezan Jr. que encerram privilégios para funcionários públicos. Como de costume, os sicários sindicalistas não conseguiram responder aos questionamentos de Arthur. 

“Os funcionários aqui, os municipais, recebem a cada 3 anos um aumento de 1%, a cada 15 anos um aumento de 15% e a cada 25 anos um aumento de 10%. Acontece que desde 2011 até hoje, Porto Alegre gasta mais do que arrecada, e ela já está quase na linha de proibição de repasses federais por causa de irresponsabilidade fiscal, ou seja, se Porto Alegre não cortar gastos, principalmente do funcionalismo público, com folha de pagamento, ela corre o risco de perder os repasses federais. Engraçado que quando o Lula tirou isso em âmbito federal ninguém de sindicato reclamou”, explica Arthur no início do vídeo.

Após as agressões recorrentes praticada pelos pelegos sindicalistas, um homem confessou ao youtuber que havia recebido R$50 reais para agredi-lo.

Confira o vídeo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui