Prefeito de Porto Alegre é ameaçado de morte por sindicalistas após pautar projeto que corta regalias do funcionalismo público

COMPARTILHAR

RIO GRANDE DO SUL — O prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior (PSDB) está sendo ameaçado de morte por pautar um projeto que corta regalias do funcionalismo público. Se trata do possível fim da “Licença Prêmio”, que garante aos servidores públicos o privilégio de terem 3 meses de licença a cada 5 anos trabalhados na prefeitura

Nesta manhã de segunda-feira, 5, militantes, sindicalistas e partidos de extrema esquerda se reuniram em espaço público para promoverem violência gratuita contra Marchezan.

Veja o vídeo:

O ato criminoso está inspirando ameaças de morte contra o prefeito pelas redes sociais. Cerca de 20 ações serão movidas na Justiça contra meliantes que fizeram apologia ao crime.

Confira algumas ameaças que estão circulando no Twitter:marchezan.png

As informações foram apuradas através da assessoria de Marchezan.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito suspeito…vocês devem noticiar sobre a gestão do atual prefeito, seus desaforos em público aos servidores e os motivos da greve. Por que não o fazem antes de vitimizar o pobrezinho, pois duvido que ameaças tenham partido de servidores! Não me surpreende que ele colecione inimizades, mas acusar os servidores de Porto Alegre é passar dos limites.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui