Estudo do Cade mostra que entrada de aplicativos de transporte não reduziu renda dos taxistas

COMPARTILHAR

O principal efeito do Uber e de outros aplicativos de transporte foi acrescentar novos consumidores ao serviço, mostram relatório ainda inédito do Cade e dados de dois estudos acadêmicos.

A entrada do Uber não afetou a renda média por hora dos taxistas em sete capitais brasileiras, segundo levantamento dos economistas Cristiano Aguiar de Oliveira e Gabriel Costeira Machado, da Universidade Federal do Rio Grande (Furg).

A conclusão é de que o Uber não reduziu as corridas dos taxistas nas cidades em que passou a operar. E um novo estudo do Cade mostrou que a entrada da empresa foi benéfica para a concorrência pois reduziu o preço do transporte, aumentou a disponibilidade e ampliou o mercado.

As informações são da Folha de S. Paulo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui