Pré-candidatos a presidência permanecem calados sobre Lei Anti-Uber que poderá causar 500 mil desempregos

COMPARTILHAR

Nesta próxima terça-feira, 31, será votado em regime de urgência o Projeto de Lei da Câmara de Deputados, PLC 28/2017,  de autoria do deputado petista Carlos Zarattini, que quer transformar o serviço oferecido pelos aplicativos de transporte particular em táxis.

Entre os pré-candidatos a presidência em 2018, apenas João Amoedo, do Partido Novo, se manifestou publicamente contra a Lei Anti-Uber em seu Facebook – mas de forma bem sutil, sem engajamento na causa.

Será que os aspirantes a chefia do Estado não estão preocupados com os 500 mil desempregos que esse projeto poderá causar? 

2 COMENTÁRIOS

  1. Bolsonaro já se pronuncio varias vezes a favor do uber o doria q é contra o uber…Acho q vcs tão se fazendo de cego …

    Videozinho pra mostra a vcs como bolsonaro se posiciono:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui