Justiça proíbe show de Caetano Veloso durante invasão criminosa do MTST no ABC

COMPARTILHAR

Conforme o G1, a Justiça de São Paulo deferiu um pedido do Ministério Público para a impedir a realização de um show de Caetano Veloso na invasão do movimento terrorista MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto). A apresentação estava marcada para 19h desta segunda-feira (30).

A decisão é da juíza Ida Inês Del Cid, da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo do Campo. Ela estabelece uma multa de R$ 500 mil caso não seja cumprida a decisão. “Fica deferida ordem policial, caso necessário”, escreveu em sua decisão.

No texto da decisão, a juíza diz que “trata-se de ação civil pública, onde o Ministério Público pede tutela provisória de urgência, para não realização de show artístico, que seria realizado em local que foi ocupado, e que está sub judice referida ocupação.”

MTST divulgou pelas redes sociais a realização do show de Caetano Veloso na invasão em São Bernardo do Campo. Ainda segundo o texto, a juíza considera que o “local que não possui estrutura a suportar show, mormente para artistas da envergadura de Caetano Veloso, um dos requeridos nesta ação.”

“Para salvaguardar a integridade das pessoas , bem como do artista, defiro a tutela de urgência, para impedir a realização do referido show”, diz a magistrada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Coloque seu nome aqui